AXIS I8016-LVE Network Video Intercom

Visão geral da configuração

  1. Intercomunicador
  2. Intercomunicador combinado com a AXIS A9801
  3. Intercomunicador combinado com a AXIS A9161
  4. Intercomunicador combinado com um leitor e um sistema de controle de acesso, por exemplo, AXIS A1001 ou AXIS A1601

Visão geral do produto

  1. Ícones indicadores de chamadas
  2. Câmera
  3. Botão de chamada
  4. iluminador IR
  5. Alto-falante
  6. Microfone
  7. Conector de E/S
  8. Botão de controle
  9. Conector de áudio
  10. LED de status
  11. Entrada para cartão SD (microSD/microSDHC/microSDXC)
  12. Conector de rede

Introdução

Encontre o dispositivo na rede

Para encontrar dispositivos Axis na rede e atribuir endereços IP a eles no Windows®, use o AXIS IP Utility ou o AXIS Device Manager. Ambos os aplicativos são grátis e podem ser baixados de axis.com/support.

Para obter mais informações sobre como encontrar e atribuir endereços IP, acesse Como atribuir um endereço IP e acessar seu dispositivo.

Suporte a navegadores

O dispositivo pode ser usado com os seguintes navegadores:

ChromeTM

Firefox®

EdgeTM

Safari®

Windows®

recomendado

recomendado

macOS®

recomendado

recomendado

Linux®

recomendado

recomendado

Outros sistemas operacionais

✓*

*Para usar a interface Web do AXIS OS com o iOS 15 ou iPadOS 15, acesse Ajustes > Safari > Avançado > Recursos e desative NSURLSession Websocket.

Se você precisar de mais informações sobre navegadores recomendados, acesse o Portal do AXIS OS.

Abra a página da Web do dispositivo.

  1. Abra um navegador e digite o endereço IP ou o nome de host do dispositivo Axis.

    Se você não souber o endereço IP, use o AXIS IP Utility ou o AXIS Device Manager para localizar o dispositivo na rede.

  2. Digite o nome de usuário e a senha. Ao acessar o dispositivo pela primeira vez, você deverá definir a senha de root. Consulte Defina uma nova senha para a conta root.

Verifique se o firmware não foi violado

  1. Para certificar-se de que o dispositivo tenha o firmware original da Axis, ou para assumir o controle total do dispositivo após um ataque de segurança:
  2. Restauração das configurações padrão de fábrica. Consulte Redefinição para as configurações padrão de fábrica.

    Após a redefinição, uma inicialização segura garantirá o estado do dispositivo.

  3. Configure e instale o dispositivo.

Defina uma nova senha para a conta root

O nome do usuário administrador padrão é root. Não há senha padrão para a conta root. Defina uma senha na primeira vez que fizer login no dispositivo.

  1. Digite uma senha. Siga as instruções sobre senhas seguras. Consulte Senhas seguras.

  2. Digite a senha novamente para confirmar.

  3. Clique em Add user (Adicionar usuário).

Importante

Se você perder a senha da conta root, vá para Redefinição para as configurações padrão de fábrica e siga as instruções.

Senhas seguras

Importante

Os dispositivos Axis enviam a senha definida inicialmente na forma de texto plano via rede. Para proteger seu dispositivo após o primeiro login, configure uma conexão HTTPS segura e criptografada e altere a senha.

A senha do dispositivo é a proteção primária para seus dados e serviços. Os dispositivos Axis não impõem uma política de senhas, pois os produtos podem ser usados em vários tipos de instalações.

Para proteger seus dados, recomendamos enfaticamente que você:

  • Use uma senha com pelo menos 8 caracteres, preferencialmente criada por um gerador de senhas.

  • Não exponha a senha.

  • Altere a senha em um intervalo recorrente pelo menos uma vez por ano.

Configure seu dispositivo

Esta seção abordará todas as configurações importantes que um instalador precisa fazer para colocar o produto em funcionamento após a conclusão da instalação do hardware.

Configuração de SIP direto (P2P)

VoIP (Voice over IP) é um grupo de tecnologias que permite a comunicação por voz e multimídia via redes IP. Para obter mais informações, consulte Voice over IP (VoIP).

Neste produto, o VoIP é habilitado pelo protocolo SIP. Para obter mais informações sobre o SIP, consulte Session Initiation Protocol (SIP).

Há dois tipos de configurações para o SIP. Ponto a ponto é um deles. Use ponto a ponto quando a comunicação for feita entre alguns agentes de usuário na mesma rede IP e não houver necessidade de recursos adicionais que poderiam ser fornecidos por um servidor PBX. Para obter informações sobre como configurar esse tipo de comunicação, consulte SIP ponto a ponto (P2PSIP).

  1. Vá para System > SIP > SIP settings (Sistema > SIP > Configurações de SIP) e selecione Enable SIP (Habilitar SIP).

  2. Para permitir que o dispositivo receba chamadas, selecione Allow incoming calls (Permitir recebimento de chamadas).

  3. OBSERVAÇÃO

    Quando você permite o recebimento de chamadas, o dispositivo aceita chamadas de qualquer dispositivo conectado à rede. Se o dispositivo puder ser acessado de uma rede pública ou pela Internet, recomendamos não permitir o recebimento de chamadas.

  4. Clique em Call handling (Tratamento de chamadas).

  5. Em Calling timeout (Tempo limite de chamada), defina por quantos segundos a chamada irá durar se não houver resposta.

  6. Se você tiver permitido o recebimento de chamadas defina o número de segundos antes da espera de chamadas de entrada no Incoming call timeout (Tempo limite de recebimento de chamadas).

  7. Clique em Ports (Portas).

  8. Insira o número da SIP port (Porta SIP) e o número da TLS port (Porta TLS).

  9. Observação
    • SIP port (Porta SIP) – Para sessões de SIP. O tráfego de sinalização por essa porta não é criptografado. O número da porta padrão é 5060.
    • TLS port (Porta TLS) – Para sessões de SIP protegidas por SIPS e TLS. O tráfego de sinalização por meio dessa porta é criptografado com o Transport Layer Security (TLS). O número da porta padrão é 5061.
    • RTP start port (Porta de início de RTP) – Insira a porta usada para o primeiro stream de mídia RTP em uma chamada SIP. A porta de início padrão para o transporte de mídia é 4000. Alguns firewalls podem bloquear o tráfego de RTP em determinados números de portas. O número da porta deverá ser entre 1024 e 65535.
  10. Clique em NAT traversal.

  11. Selecione os protocolos que deseja ativar para o NAT traversal.

  12. Observação

    Use o NAT traversal quando o dispositivo estiver conectado à rede por trás de um roteador NAT ou um firewall. Para obter mais informações, consulte NAT traversal.

  13. Clique em Save (Salvar).

Configuração de SIP por meio de um servidor (PBX)

VoIP (Voice over IP) é um grupo de tecnologias que permite a comunicação por voz e multimídia via redes IP. Para obter mais informações, consulte Voice over IP (VoIP).

Neste dispositivo, o VoIP é habilitado pelo protocolo SIP. Para obter mais informações sobre o SIP, consulte Session Initiation Protocol (SIP).

Há dois tipos de configurações para o SIP. Um servidor PBX é um deles. Use um servidor PBX quando a comunicação precisar ser feita entre um número infinito de agentes de usuário dentro e fora da rede IP. Recursos adicionais podem ser adicionados à configuração dependendo do provedor de PBX. Para obter mais informações, consulte Private Branch Exchange (PBX).

  1. Solicite as seguintes informações do seu provedor de PBX:

    • ID de usuário

    • Domínio

    • Senha

    • ID de autenticação

    • ID do chamador

    • Registrador

    • Porta de início de RTP

  2. Vá para System > SIP > SIP accounts (Sistema > SIP > Contas SIP) e clique em + Account (+ Conta).

  3. Insira um Name (Nome) para a conta.

  4. Selecione Registered (Registrado).

  5. Selecione um modo de transporte.

  6. Adicione as informações da conta a partir do provedor de PBX.

  7. Clique em Save (Salvar).

  8. Defina as configurações de SIP da mesma forma que para ponto a ponto, consulte Configuração de SIP direto (P2P). Use a porta de início de RTP do provedor de PBX.

Criação de um contato

Este exemplo explica como criar um novo contato na lista de contatos. Antes de iniciar, ative o SIP em System (Sistema) > SIP.

Para criar um novo contato:

  1. Vá para Contact list (Lista de contatos).

  2. Clique em + Add contact (+ Adicionar contato).

  3. Insira o nome e o sobrenome do contato.

  4. Insira o endereço SIP do contato.

  5. Observação

    Para obter informações sobre os endereços SIP, consulte Session Initiation Protocol (SIP).

  6. Selecione a conta SIP da qual a chamada será efetuada.

  7. Escolha a Availability (Disponibilidade) do contato. Se houver uma tentativa de chamada quando o contato não estiver disponível, a chamada será cancelada, a menos que haja um contato de fallback.

  8. Observação

    As opções de disponibilidade são definidas em System (Sistema) > Events (Eventos) > Schedules (Agendamentos).

  9. Em Fallback, selecione None (Nenhum).

  10. Observação

    Um fallback é um contato para quem a chamada será encaminhada se o contato original não responder.

  11. Clique em Save (Salvar).

Configurar o botão de chamada

Por padrão, o botão de chamada é configurado para fazer chamadas de VMS (Sistema de Gerenciamento de Vídeo). Se você desejar manter essa configuração, basta adicionar o intercomunicador Axis ao VMS.

Este exemplo explica como configurar o sistema para ligar para um contato da lista de contatos quando um visitante pressionar o botão de chamada.

  1. Vá para Call button (Botão de chamada).

  2. Desative a opção Make calls in the video management system (VMS) (Fazer chamadas no sistema de gerenciamento de vídeo (VMS)).

  3. Em Recipients (Destinatários), selecione um contato.

Para desativar o botão de chamada, desative Enable call button (Ativar botão de chamada).

Use DTMF para destravar a porta para um visitante

Quando um visitante faz uma chamada no intercomunicador, a pessoa que responde pode usar sinalização Dual-Tone Multi-Frequency (DTMF) do seu dispositivo SIP para destravar a porta. O controlador de porta destrava e trava a porta.

  • Este exemplo explica como:
  • definir o sinal DTMF no intercomunicador

  • configurar o intercomunicador para:

    • solicitar ao controlador de porta o destravamento da porta ou

    • destravar a porta usando o relé interno.

  • Todas as configurações são ajustadas na página da Web do intercomunicador.
  1. Definir o sinal DTMF no intercomunicador
  2. Vá para System > SIP > SIP accounts (Sistema > SIP > Contas SIP) e localize a conta SIP.

  3. Clique em > Edit (Editar).

  4. Clique em DTMF.

  5. Clique em + DTMF sequence (+ Sequência DTMF).

  6. No campo Sequence (Sequência), insira "1".

  7. No campo Description (Descrição), insira "Unlock door" (Destravar porta).

  8. Clique em Save (Salvar).

  1. Configure o intercomunicador para destravar a porta usando o relé interno
  2. Siga as etapas em Definir o sinal DTMF no intercomunicador

  3. Vá para System > Events > Rules (Sistema > Eventos > Regras) e adicione uma regra:

  4. No campo Name (Nome), insira "DTMF unlock door" (DTMF Destravar porta).

  5. Na lista de condições, em Call (Chamada), selecione DTMF e Unlock door (Destravar porta).

  6. Na lista de ações, em I/O (E/S), selecione Toggle I/O once (Alternar E/S uma vez).

  7. Na lista de portas, selecione Relay 1 (Port 4) (Relé 1 (Porta 4)).

  8. Altere Duration (Duração) para 00:00:07, o que significa que a porta está aberta por 7 segundos.

  9. Clique em Save (Salvar).

Benefício da luz IR em condições de pouca iluminação usando o modo noturno

Sua câmera usa luz visível para fornecer imagens coloridas durante o dia. No entanto, como a luz visível diminui, as imagens coloridas tornam-se menos nítidas e claras. Se você alternar para o modo noturno quando isso acontecer, a câmera usará luz visível e quase infravermelha para fornecer imagens em preto e branco detalhadas e claras. A câmera pode ser configurada para alternar para o modo noturno automaticamente.

  1. Vá para Video > Image > Day-night mode (Vídeo > Imagem > Modo diurno/noturno) e verifique se o IR cut filter (Filtro de bloqueio de IR) está definido como Auto.

  2. Para definir em que nível de luz você deseja que a câmera alterne para o modo noturno, mova o controle deslizante Threshold (Limite) para Bright (Claro) ou Dark (Escuro).

Saiba mais

Voice over IP (VoIP)

Voice over IP (VoIP) é um grupo de tecnologias que permite a comunicação por voz e sessões multimídia via redes IP, como a Internet. Em chamadas telefônicas tradicionais, os sinais analógicos são enviados através de transmissões de circuito através da rede de telefonia comutada pública (PSTN). Em uma chamada VoIP, os sinais analógicos são convertidos em sinais digitais para possibilitar o envio de pacotes de dados via redes IP locais ou pela Internet.

No produto Axis, o VoIP é possibilitado pelo Session Initiation Protocol (SIP) e a sinalização Dual-Tone multi-Frequency (DTMF).

Example

Quando você pressiona o botão de chamada em um intercomunicador Axis, uma chamada é iniciada para um ou mais destinatários predefinidos. Quando um destinatário responde, uma chamada é estabelecida. A voz e o vídeo são transmitidos por meio de tecnologias VoIP.

Session Initiation Protocol (SIP)

O Session Initiation Protocol (SIP) é usado para configurar, manter e encerrar chamadas de VoIP. Você pode fazer chamadas entre duas ou mais partes, chamadas de agentes de usuário SIP. Para fazer uma chamada SIP, você pode usar, por exemplo, telefones SIP, softphones ou dispositivos Axis compatíveis com SIP.

O áudio ou vídeo efetivos são trocados entre os agentes de usuário SIP com um protocolo de transporte, por exemplo, RTP (Real-Time Transport Protocol).

Você pode fazer chamadas em redes locais usando uma configuração ponto a ponto ou através de redes que usam um PBX.

SIP ponto a ponto (P2PSIP)

O tipo mais básico de comunicação SIP ocorre diretamente entre dois ou mais agentes de usuário SIP. Isso é chamado de SIP ponto a ponto (P2PSIP). Se ele ocorre em uma rede local, tudo o que é necessário são os endereços SIP dos agentes de usuário. Um endereço SIP típico, nesse caso, seria SIP:<IP-local>.

Example
  1. Agente de usuário A – intercomunicador. Endereço SIP: sip:192.168.1.101
  2. Agente de usuário B – telefone compatível com SIP. Endereço SIP: sip:192.168.1.100

Você pode configurar o intercomunicador Axis para chamar, por exemplo, um telefone compatível com SIP na mesma rede usando uma configuração de SIP ponto a ponto.

Private Branch Exchange (PBX)

Quando você faz chamadas SIP fora da sua rede IP local, um PBX (Private Branch Exchange) pode atuar como hub central. O componente principal de um PBX é um servidor SIP, o qual também é conhecido como proxy SIP ou registrador. Um PBX funciona como uma mesa telefônica tradicional, mostrando o status atual do cliente e permitindo transferências de chamadas, correio de voz e redirecionamentos.

O servidor SIP de PBX pode ser configurado como uma entidade local ou externa. Ele pode ser hospedado em uma intranet ou por um provedor terceirizado. Quando você faz chamadas SIP entre redes, as chamadas são roteadas através de um conjunto de PBXs, que consultam o local do endereço SIP a ser acessado.

Cada agente de usuário SIP registra-se no PBX e pode, em seguida, alcançar os outros discando o ramal correto. Um endereço SIP típico, nesse caso, seria SIP:<usuário>@<domínio> ou SIP:<usuário>@<IP-registrador>. O endereço SIP é independente de seu endereço IP e o PBX torna o dispositivo acessível, desde que esteja registrado no PBX.

Example
  1. sip.minhaporta@empresa.com
  2. sip:meualtofalante@empresa.com
  3. PBX sip.empresa.com
  4. sip:escritório@empresa.com

Quando você pressiona o botão de chamada em um intercomunicador Axis, a chamada é encaminhada através de um ou mais PBXs para um endereço SIP na rede IP local ou via Internet.

Configuração de regras de eventos

Você pode criar regras para fazer com que o dispositivo realize ações quando certos eventos ocorrem. Uma regra consiste em condições e ações. As condições podem ser usadas para acionar as ações. Por exemplo, o dispositivo pode iniciar uma gravação ou enviar um email quando detecta movimento ou mostrar um texto de sobreposição enquanto o dispositivo está gravando.

Para saber mais, consulte nosso guia Introdução a regras de eventos.

NAT traversal

Use o NAT (Network Address Translation) traversal quando o dispositivo Axis estiver localizado em uma rede privada (LAN) e você deseja acessá-lo de fora dessa rede.

Observação

O roteador deve ser compatível com o NAT traversal e UPnP®.

Cada protocolo de NAT traversal pode ser usado separadamente ou em diferentes combinações, dependendo do ambiente de rede.

  • ICE – O protocolo ICE (Interactive Connectivity Establishment) aumenta as chances de encontrar o caminho mais eficiente para uma comunicação bem-sucedida entre dispositivos. Se você também ativar o STUN e o TURN, poderá melhorar as chances do protocolo ICE.

  • STUN – O STUN (Session Traversal Utilities for NAT) é um protocolo de rede cliente-servidor que permite que o dispositivo Axis determine se ele está localizado atrás de um NAT ou firewall e, em caso afirmativo, obtenha o endereço IP público mapeado e o número da porta alocada para conexões a hosts remotos. Insira o endereço do servidor STUN, por exemplo, um endereço IP.

  • TURN – O TURN (Traversal Using Relays around NAT) é um protocolo que permite que um dispositivo atrás de um roteador NAT ou firewall receba dados de outros hosts via TCP ou UDP. Insira o endereço do servidor TURN e as informações de login.

Aplicativos

Usando aplicativos, você pode obter mais do seu dispositivo Axis. A AXIS Camera Application Platform (ACAP) é uma plataforma aberta que permite que qualquer pessoa desenvolva aplicativos de análise e outros aplicativos para dispositivos Axis. Os aplicativos podem ser pré-instalados no dispositivo, disponibilizados para download gratuitamente ou mediante uma tarifa de licença. Para saber mais sobre aplicativos, downloads, avaliações e licenças disponíveis, acesse axis.com/products/acap/application-gallery.

Para encontrar manuais de usuário para aplicativos da Axis, vá para help.axis.com

Solução de problemas

Redefinição para as configurações padrão de fábrica

Importante

A redefinição para as configurações padrão de fábrica deve ser feita com muito cuidado. Uma redefinição para os padrões de fábrica restaura todas as configurações, inclusive o endereço IP, para os valores padrão de fábrica.

Para redefinir o produto para as configurações padrão de fábrica:

  1. Desconecte a alimentação do produto.

  2. Mantenha o botão de controle pressionado enquanto reconecta a alimentação. Consulte Visão geral do produto.

  3. Mantenha o botão de controle pressionado por 15 a 30 segundos até que o LED indicador de status pisque em âmbar.

  4. Solte o botão de controle. O processo estará concluído quando o LED indicador de status tornar-se verde. O produto foi então redefinido para as configurações padrão de fábrica. Se não houver um servidor DHCP disponível na rede, o endereço IP padrão será 192.168.0.90.

  5. Use as ferramentas de software de instalação e gerenciamento para atribuir um endereço IP, definir a senha e acessar o dispositivo.

    As ferramentas de software de instalação e gerenciamento estão disponíveis nas páginas de suporte em axis.com/support.

Você também pode redefinir os parâmetros para as configurações padrão de fábrica na página da Web do dispositivo. Vá para Maintenance (Manutenção) > Factory default (Padrão de fábrica) e clique em Default (Padrão).

Verificar a versão atual do firmware

O firmware é o software que determina a funcionalidade dos dispositivos de rede. Durante o processo de solução de um problema, recomendamos que você comece conferindo a versão atual do firmware. A versão mais recente do firmware pode conter uma correção que soluciona seu problema específico.

Para verificar o firmware atual:

  1. Vá para a interface do dispositivo > Status.

  2. Consulte a versão do firmware em Device info (Informações do dispositivo).

Atualização de firmware

Importante

As configurações pré-configuradas e personalizadas são salvas quando você atualiza o firmware (desde que os recursos estejam disponíveis no novo firmware), embora isso não seja garantido pela Axis Communications AB.

Importante

Certifique-se de que o dispositivo permaneça conectado à fonte de alimentação ao longo de todo o processo de atualização.

Observação

Quando você atualizar o dispositivo com o firmware mais recente no rack ativo, o produto receberá a última funcionalidade disponível. Sempre leia as instruções de atualização e notas de versão disponíveis com cada nova versão antes de atualizar o firmware. Para encontrar o firmware e as notas de versão mais recentes, vá para axis.com/support/firmware.

  1. Baixe o arquivo de firmware para seu computador, o qual está disponível gratuitamente em axis.com/support/firmware.

  2. Faça login no dispositivo como um administrador.

  3. Vá para Maintenance (Manutenção) > Firmware upgrade (Atualização de firmware) e clique em Upgrade (Atualizar).

  4. Após a conclusão da atualização, o produto será reiniciado automaticamente.

Problemas técnicos, dicas e soluções

Se você não conseguir encontrar aqui o que está procurando, experimente a seção de solução de problemas em axis.com/support.

Problemas ao atualizar o firmware

Falha na atualização do firmware

Se a atualização do firmware falhar, o dispositivo recarregará o firmware anterior. O motivo mais comum é que o arquivo de firmware incorreto foi carregado. Verifique se o nome do arquivo de firmware corresponde ao seu dispositivo e tente novamente.

Problemas após a atualização do firmware

Se você tiver problemas após uma atualização de firmware, reverta para a versão instalada anteriormente na página Manutenção.

Problemas na configuração do endereço IP

O dispositivo está localizado em uma sub-rede diferente

Se o endereço IP destinado ao dispositivo e o endereço IP do computador usado para acessar o dispositivo estiverem localizados em sub-redes diferentes, você não poderá definir o endereço IP. Entre em contato com o administrador da rede para obter um endereço IP.

O endereço IP está sendo usado por outro dispositivo

Desconecte o dispositivo Axis da rede. Execute o comando ping (em uma janela de comando/DOS, digite ping e o endereço IP do dispositivo):

  • Se você receber: Reply from <endereço IP>: bytes=32; time=10..., isso significa que o endereço IP já pode estar sendo usado por outro dispositivo na rede. Obtenha um novo endereço IP junto ao administrador da rede e reinstale o dispositivo.

  • Se você receber: Request timed out, isso significa que o endereço IP está disponível para uso com o dispositivo Axis. Verifique todo o cabeamento e reinstale o dispositivo.

Possível conflito de endereço IP com outro dispositivo na mesma sub-rede

O endereço IP estático no dispositivo Axis é usado antes que o DHCP defina um endereço dinâmico. Isso significa que, se o mesmo endereço IP estático padrão também for usado por outro dispositivo, poderá haver problemas para acessar o dispositivo.

O dispositivo não pode ser acessado por um navegador

Não é possível fazer login

Quando o HTTPS está ativado, certifique-se de que o protocolo correto (HTTP ou HTTPS) seja usado ao tentar fazer login. Talvez seja necessário digitar manualmente http ou https no campo de endereço do navegador.

Se a senha do usuário root for perdida, o dispositivo deverá ser restaurado para as configurações padrão de fábrica. Consulte Redefinição para as configurações padrão de fábrica.

O endereço IP foi alterado pelo DHCP

Os endereços IP obtidos de um servidor DHCP são dinâmicos e podem mudar. Se o endereço IP tiver sido alterado use o AXIS IP Utility ou o AXIS Device Manager para localizar o dispositivo na rede. Identifique o dispositivo usando seu modelo ou número de série ou nome de DNS (se um nome tiver sido configurado).

Se necessário, um endereço IP estático poderá ser atribuído manualmente. Para obter instruções, vá para axis.com/support.

Erro de certificado ao usar IEEE 802.1X

Para que a autenticação funcione corretamente, as configurações de data e hora no dispositivo Axis deverão ser sincronizadas com um servidor NTP. Vá para System > Date and time (Sistema > Data e hora).

O dispositivo está acessível local, mas não externamente

Para acessar o dispositivo externamente, recomendamos que você use um dos seguintes aplicativos para Windows®:

  • AXIS Companion: grátis, ideal para sistemas pequenos com necessidades básicas de vigilância.

  • AXIS Camera Station: versão de avaliação grátis por 30 dias, ideal para sistemas de pequeno a médio porte.

Para obter instruções e baixar o aplicativo, acesse axis.com/vms.

Considerações sobre desempenho

Ao configurar seu sistema, é importante considerar como várias configurações e situações afetam o desempenho. Alguns fatores afetam a quantidade de largura de banda (a taxa de bits) necessária, outros podem afetar a taxa de quadros e alguns afetam ambos. Se a carga na CPU atingir o valor máximo, isso também afetará a taxa de quadros.

Os seguintes fatores importantes devem ser considerados:

  • Alta resolução de imagem ou níveis de compactação menores geram imagens com mais dados que, por sua vez, afetarão a largura de banda.

  • O acesso por números elevados de clientes H.264 unicast ou Motion JPEG pode afetar a largura de banda.

  • A exibição simultânea de diferentes streams (resolução, compactação) por diferentes clientes afeta a taxa de quadros e a largura de banda.

    Use streams idênticos sempre que possível para manter uma alta taxa de quadros. Perfis de stream podem ser usados para garantir que streams sejam idênticos.

  • O acesso simultâneo a streams de vídeo Motion JPEG e H.264 afeta a taxa de quadros e a largura de banda.

  • O uso pesado de configurações de eventos afeta a carga da CPU do produto que, por sua vez, impacta a taxa de quadros.

  • Usar HTTPS pode reduzir a taxa de quadros, especificamente se houver streaming de Motion JPEG.

  • A utilização pesada da rede devido à infraestrutura ruim afeta a largura de banda.

  • A exibição em computadores clientes com desempenho ruim reduz o desempenho percebido e afeta a taxa de quadros.

  • Executar vários aplicativos AXIS Camera Application Platform (ACAP) simultaneamente pode afetar a taxa de quadros e o desempenho geral.

Entre em contato com o suporte

Entre em contato com o suporte em axis.com/support.

Conexão de equipamentos

Relé alimentado por PoE (12 V)

  1. Para verificar o estado do relé, vá para System > Accessories (Sistema > Acessórios) e encontre a porta do relé.

  2. Defina Normal state (Estado normal) como:

    • para uma fechadura protegida contra falhas.

    • para uma fechadura protegida contra falhas.

Relé alimentado por fonte separada

  1. Para verificar o estado do relé, vá para System > Accessories (Sistema > Acessórios) e encontre a porta do relé.

  2. Defina Normal state (Estado normal) como:

    • para uma fechadura protegida contra falhas.

    • para uma fechadura protegida contra falhas.

Relé sem potencial

  1. Para verificar o estado do relé, vá para System > Accessories (Sistema > Acessórios) e encontre a porta do relé.

  2. Defina Normal state (Estado normal) como:

    • para uma fechadura protegida contra falhas.

    • para uma fechadura protegida contra falhas.

Fechadura de 12 V protegida contra falhas alimentada via PoE pelo intercomunicador

  1. Para verificar o estado do relé, vá para System > Accessories (Sistema > Acessórios) e encontre a porta do relé.

  2. Defina Normal state (Estado normal) como:

    • para uma fechadura protegida contra falhas.

    • para uma fechadura protegida contra falhas.

Fechadura de 12 V protegida contra falhas alimentada por fonte externa

  1. Para verificar o estado do relé, vá para System > Accessories (Sistema > Acessórios) e encontre a porta do relé.

  2. Defina Normal state (Estado normal) como:

    • para uma fechadura protegida contra falhas.

    • para uma fechadura protegida contra falhas.

Especificações

Indicadores e controles do painel frontal

Quando o produto é conectado à alimentação elétrica, os ícones e a faixa de indicadores acendem por alguns segundos.

Ícones indicadores de chamadas

ÍconeIndicação

Aceso em âmbar quando a chamada enviada é iniciada.

Pisca em âmbar quando a chamada recebida é iniciada.

Aceso em azul para chamada em andamento.

Aceso em verde quando a porta está aberta.

LEDs indicadores

LED de statusIndicação
Verde

Aceso em verde para operação normal.

Entrada para cartão SD

OBSERVAÇÃO
  • Risco de danos ao cartão SD. Não use ferramentas afiadas, objetos de metal ou força excessiva para inserir ou remover o cartão SD. Use os dedos para inserir e remover o cartão.
  • Risco de perda de dados ou gravações corrompidas. Desmonte o cartão SD usando a página Web do produto antes da remoção. Não remova o cartão SD com o produto em funcionamento.

Esse produto é compatível com cartões microSD/microSDHC/microSDXC.

Para obter recomendações sobre cartões SD, consulte axis.com.

Os logotipos microSD, microSDHC e microSDXC são marcas comerciais da SD-3C LLC. microSD, microSDHC e microSDXC são marcas comerciais ou registradas da SD-3C, LLC nos Estados Unidos e/ou em outros países.

Botões

Botão de controle

Conectores

Conector de rede

Conector Ethernet RJ45 com Power over Ethernet (PoE).

Conector de áudio

Bloco de terminais com 4 pinos para entrada e saída de áudio.

FunçãoPinoObservações
Line in1Entrada de áudio (mono)
GND2Aterramento de áudio
Line out3Saída de áudio (mono)
GND4Aterramento de áudio

Conector de E/S

Use o conector de E/S com dispositivos externos em combinação com, por exemplo, detectores de movimento, acionadores de eventos e notificações de alarmes. Além do ponto de referência de 0 VCC e da alimentação (saída CC de 12 V), o conector do terminal de E/S fornece a interface para:

Entrada digital –
Para conectar dispositivos que podem alternar entre um circuito aberto ou fechado, por exemplo, sensores PIR, contatos de portas/janelas e detectores de quebra de vidros.
Saída digital –
Para conectar dispositivos externos, como relés e LEDs. Os dispositivos conectados podem ser ativados pela interface de programação de aplicativos VAPIX® por meio de um evento ou via página Web do produto.
FunçãoPinoObservaçõesEspecificações
0 VCC (-)10 VCC
12 VCC2Corrente máxima = 400 mA
Configurável (entrada ou saída)3-4Entrada digital – Conecte ao pino 1 para ativar ou deixe aberta (desconectada) para desativar.0 a 30 VCC máx.
Saída digital – Conectada ao pino 1 quando ativada, flutuante (desconectada) quando desativada. Se for usado com uma carga indutiva, por exemplo, relé, um diodo deve ser conectado em paralelo com a carga para proteção contra transientes de voltagem.0 para um máximo de 30 V DC
Comum5Corrente/voltagem máxima = 700mA a 30 V com fonte externa
Normalmente aberto/normalmente fechado6Para conectar dispositivos de relé. O pino de relé é separado galvanicamente do resto do circuito.Corrente/voltagem máxima = 700mA a 30 V com fonte externa

Informações sobre segurança

Níveis de perigo

PERIGO

Indica uma situação perigosa que, se não evitada, irá resultar em morte ou lesões graves.

AVISO

Indica uma situação perigosa que, se não evitada, poderá resultar em morte ou lesões graves.

CUIDADO

Indica uma situação perigosa que, se não evitada, poderá resultar em lesões leves ou moderadas.

OBSERVAÇÃO

Indica uma situação perigosa que, se não evitada, poderá resultar em danos à propriedade.

Outros níveis de mensagens

Importante

Indica informações significativas que são essenciais para o produto funcionar corretamente.

Observação

Indica informações úteis que ajudam a obter o máximo do produto.